Política

Suplente de vereador assume em Dourados; PDT protesta

A Câmara Municipal de Dourados empossou no inicio da tarde de hoje numa solenidade às portas fechadas o suplente de vereador Cemar Arnal no lugar do vereador Edvaldo Moreira (PDT) que continua preso por causa de envolvimento na Operação Uragano. Ao tomar conhecimento do fato o novo presidente do diretório municipal do PDT de Dourados, […]

Arquivo Publicado em 10/09/2010, às 19h00

None

A Câmara Municipal de Dourados empossou no inicio da tarde de hoje numa solenidade às portas fechadas o suplente de vereador Cemar Arnal no lugar do vereador Edvaldo Moreira (PDT) que continua preso por causa de envolvimento na Operação Uragano.

Ao tomar conhecimento do fato o novo presidente do diretório municipal do PDT de Dourados, ex-prefeito José Elias Moreira acaba de comunicar que o partido vai entrar ainda hoje com no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) pedindo a vaga já que Cemar desfilou-se do PDT e atualmente está filiado no PR (Partido da República).

Segundo José Elias, Cemar deixou há pouco tempo o PDT e se filiou ao PR “dentro de um arranjo político” para que ele pudesse assumir o cargo de diretor-presidente do IMAM (Instituto de Meio Ambiente de Dourados), órgão ligado à Prefeitura Municipal. Cemar aparece na gravação da Operação Uragano onde o secretário Eleandro Passaia entrega dinheiro para o vereador Paulo Henrique Bambu. Cemar foi exonerado do cargo de presidente do IMAM pelo juiz prefeito Eduardo Machado Rocha anteontem.

Conforme informações da assessoria de comunicação da Câmara Municipal participaram da solenidade de posse que aconteceu no “Plenarinho” os vereadores Aurélio Bonato (PDT), Gino Ferreira (DEM) e Cido Medeiros (DEM).

José Elias disse que no lugar de Cemar deverá ser empossado outro suplente que não tenha cometido a infração de “infidelidade partidária”.

Jornal Midiamax