Política

PSDB vai cobrar Puccinelli pedindo votos para Serra no horário político da televisão

Avaliação é de que governador precisa se empenhar mais na campanha tucana no palanque eletrônico.

Arquivo Publicado em 08/09/2010, às 15h32

None

Avaliação é de que governador precisa se empenhar mais na campanha tucana no palanque eletrônico.

O presidente regional do PSDB, Reinaldo Azambuja, disse nesta manhã, na sessão da Assembleia Legislativa, que marcou uma reunião com o governador André Puccinelli, do PMDB, para cobrar dele mais empenho pela candidatura do presidenciável tucano José Serra.

Embora tenha dito no início da campanha que Serra seria seu candidato, até agora Puccinelli nem sequer comentou o nome do tucano em seu programa eleitoral.

Azambuja disse que em reuniões políticas o governador, candidato à reeleição, tem pedido votos para Serra, mas isso só não basta. Ele quer ver Puccinelli falando do presidenciável de maneira mais ampla, no caso, no horário eleitoral.

O presidente regional disse ainda que a partir de agora Serra deva reagir ao “mudar de atitude” no horário eleitoral. Azambuja prevê um tucano mais agressivo a apontando os pontos falhos do governo de Lula, meio de atacar Dilma Roussef.

De acordo com pesquisa do Ibope, se a eleição fosse hoje, Serra seria esmagado nas urnas já no primeiro turno. Dilma obteve 51% das intenções de voto contra 27% confiados a Serra.

“Calma, agora o Serra vai subir e a Dilminha vai descer”, acredita Azambuja.

José viajaria para Corumbá, fronteira com a Bolívia para gravar um depoimento acerca de tráfico na região, mas adiou a vinda.

Jornal Midiamax