Política

Eleito deputado, vereador quer controle de partido em MS

Eleito deputado estadual, o vereador Alcides Bernal informou hoje que tentará assumir a presidência regional do partido no ano que vem. O posto atualmente é do deputado federal Antônio Cruz que não conseguiu se reeleger em 3 de outubro. “É natural que eu requeira a presidência. Afinal, o comando da sigla deve ficar com alguém […]

Arquivo Publicado em 30/10/2010, às 20h07

None

Eleito deputado estadual, o vereador Alcides Bernal informou hoje que tentará assumir a presidência regional do partido no ano que vem. O posto atualmente é do deputado federal Antônio Cruz que não conseguiu se reeleger em 3 de outubro. “É natural que eu requeira a presidência. Afinal, o comando da sigla deve ficar com alguém que tenha mandato”, opina.


Eleito com 26.159 votos, Bernal pretende, em breve, conversar com a cúpula do PP sobre sua intenção de presidir a legenda. Ele revela ter planos para a sigla. “Eu quero revitalizar o partido. Vida nova ao PP é o que eu proponho”, diz o vereador.


Antônio Cruz disse ter tomado conhecimento das intenções de Bernal pela reportagem do Midiamax. Ele informa ter mais um ano na presidência da legenda e mesmo sem mandato a partir de 2011 pretende exercer a função de dirigente do partido.


“Este argumento de que precisa ter mandato eletivo para se presidir a sigla não se sustenta. No PT, por exemplo, o Marquinhos [Marcus Garcia presidente do partido] não tem mandato eletivo e preside a legenda”, compara.


O deputado ressaltou ter ficado surpreso com a atitude do vereador que até aqui nada tinha revelado sobre sua pretensão. “Depois das eleições, eu o cumprimentei por ter sido eleito. Acho que é um grande político que tem respaldo da população. Isso conta pontos. Mas, sobre a direção do partido nunca conversamos”, reiterou.


Apesar dos 54.093 votos, Cruz não se reelegeu para a Câmara Federal, ficando na primeira suplência da coligação “A Força do Povo”. Ele buscava seu quarto mandato de deputado.

Jornal Midiamax