Política

Campanha de Jerson é bancada pela irmã, deputado tucano e Puccinelli

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, informou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que sua campanha consumiu R$ 589.352,61. Dessa soma, R$ 300 mil, segundo o declarado, saiu do bolso da irmã dele, a empresária da área da educação, Reni Domingos dos Santos. Ainda segundo a prestação de contas de Jerson, a […]

Arquivo Publicado em 02/11/2010, às 22h47

None

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, informou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que sua campanha consumiu R$ 589.352,61.

Dessa soma, R$ 300 mil, segundo o declarado, saiu do bolso da irmã dele, a empresária da área da educação, Reni Domingos dos Santos.

Ainda segundo a prestação de contas de Jerson, a campanha eleitoral dele recebeu ajuda do governador eleito André Puccinelli, do PMDB, que teria doado R$ 33.150,00 ao parlamentar.

Na relação dos gastos do peemedebista, seu nome também aparece como um dos doadores. Jerson Domingos teria gastado R$ 111.532,00 durante a campanha.

O deputado federal eleito Reinaldo Azambuja, embora do PSDB, contribuiu com a campanha de Jerson Domingos. O parlamentar tucano fez duas transferências bancárias, segundo o TSE, mandando R$ 97.500,00 para a campanha do presidente da Assembleia Legislativa.

Jornal Midiamax