Política

Após receber Temer, Puccinelli pede votos ao lado de Índio

O governador André Puccinelli (PMDB) participa hoje por volta das 18 horas de ato público promovido no Clube Nipo Brasileiro (saída para Três Lagoas) ao lado do candidato a vice-presidente da República Índio da Costa (DEM) e do governador eleito de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB). Os dois participam de atividades hoje no Estado em […]

Arquivo Publicado em 22/10/2010, às 11h25

None

O governador André Puccinelli (PMDB) participa hoje por volta das 18 horas de ato público promovido no Clube Nipo Brasileiro (saída para Três Lagoas) ao lado do candidato a vice-presidente da República Índio da Costa (DEM) e do governador eleito de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB). Os dois participam de atividades hoje no Estado em apoio à candidatura do presidenciável José Serra (PSDB).


Segundo a assessoria de imprensa do governo, por enquanto, a participação no ato público pró-Serra é a única agenda externa do governador para esta sexta-feira. Ontem à noite, Puccinelli recebeu na Governadoria a visita do candidato a vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff, Michel Temer (PMDB). Segundo a assessoria de comunicação, a visita foi de cortesia. Os teriam conversaram sobre política e sobre o desenvolvimento do Estado.


Conforme agenda divulgada pela assessoria do PSDB, Alckmin visitará primeiramente Dourados, onde participará de carreata no centro da cidade. Sua chegada está prevista para as 14 horas e 30 minutos no aeroporto de Dourados, onde concederá entrevista coletiva a imprensa.


Após o evento douradense, Alckmin segue para Campo com previsão de chegada às 17 horas e 30 minutos em Campo Grande.


Índio


A agenda do candidato a vice-presidente Índio da Costa em Campo Grande terá início às 17 horas e 30 minutos com a sua chegada no Aeroporto Internacional Antônio João. Ele e Alckmin se encontrarão no local para conceder entrevista coletiva à imprensa.


Em seguida ambos seguem para o ato público promovido pelo governador no Clube Nipo Brasileiro. Após o evento eles retornam para seus Estados de origem.

Jornal Midiamax