Josiane da Conceição Aquino, 25, morreu em um grave acidente na noite desta sexta-feira (6). Ela estava na garupa de uma pilotada por seu marido quando colidiram com um caminhão em uma vicinal de Laguna Carapã, a 305 quilômetros de Campo Grande. Com o impacto, o motociclista ficou inconsciente e só acordou horas depois, ao ouvir o choro de seu filho e encontrou a esposa morta.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 19 horas, o casal estava acompanhado do filho e haviam ido a um parque de diversões na cidade. Antes do acidente, tanto o homem quanto a esposa, além da mãe e do irmão, haviam ingerido bebidas alcoólicas.

Por volta das 23 horas, a família retornava para a fazenda onde residem quando, em um trecho da estrada, o motociclista avistou um caminhão trafegando na contramão. Para evitar a colisão, o motociclista executou uma manobra desviando para a esquerda, indo na direção oposta a via. No entanto, o caminhão também manobrou, vindo em direção à motocicleta. O motociclista então saiu da pista e logo em seguida perdeu a consciência.

Em depoimento, ele disse que só recobrou a consciência às 6 horas da manhã seguinte, ao ouvir o choro de seu filho. Foi nesse momento que ele percebeu que sua esposa não estava mais viva. Ele e Josiane estavam juntos há doze anos e eram pais de dois filhos.

Ainda conforme o boletim, a motocicleta estava com o sistema de freio traseiro e dianteiro inoperantes, além de não possuir placa e ser de origem estrangeira. Não foram informados detalhes sobre o paradeiro do caminhão envolvido no acidente.