Motociclista dado como morto continua em estado crítico em hospital de MS

| 22/04/2022
- 15:01
Motociclista dado como morto continua em estado crítico em hospital de MS
(Foto: Divulgação)

Continua internado em estado crítico o motociclista de 33 anos que provocou o acidente na noite da última quarta-feira (20) em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Ele está internado no PS (Pronto Socorro) do Auxiliadora, esperando uma vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

O motociclista teria atravessado a preferencial no cruzamento das ruas Crispim Coimbra e Zuleide Perez Tabox, no bairro Interlagos, quando acabou sendo atingido por um veículo. Ele foi resgatado com traumatismo craniano e fratura no fêmur esquerdo, precisou ser intubado e levado para a emergência do Hospital Auxiliadora, onde ficou em observação, onde aguarda uma vaga no leito de UTI.

Morte cerebral

Durante a madrugada de quinta-feira (21), um médico plantonista da emergência do hospital teria informado aos policiais militares que registraram a ocorrência que as lesões na cabeça do motociclista eram graves e que a vítima não teria resistido aos ferimentos, sofrendo morte cerebral.

Os militares acrescentaram o relato do médico, no boletim de ocorrência, e registraram no documento no lugar de lesão corporal culposa por meio de acidente automotor para homicídio culposo (quando não se tem intensão de causar a morte) causado por acidente de trânsito.

Mas, segundo o site JP News, após a repercussão da morte do motociclista, o Hospital Auxiliadora por meio da assessoria de comunicação, informou que ele não havia morrido, continuava vivo em estado crítico e respirando com ajuda de aparelhos.

Com a possibilidade de uma morte cerebral, os trâmites para a confirmação teriam que seguir um rígido protocolo médico, antes de uma possível confirmação e posteriormente desligamento das máquinas que auxiliam na sobrevivência.

O boletim de ocorrência, foi corrigido após algumas horas, de homicídio culposo causado por acidente de trânsito, voltando para à lesão corporal culposa em decorrência de acidente automotor. O caso segue investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil.

O motociclista

Natural de São Luiz do Maranhão, os familiares dele foram avisados sobre seu estado de e, estão a caminho de Três Lagoas. A última atualização sobre o quadro clinico foi às 21h desta quinta-feira (21).

O site informou, foi questionado ao diretor de comunicação do Hospital Auxiliadora, sobre seu falecimento do motociclista, mas a assessoria de comunicação do H.A. disse que ele continuava entre a vida e a morte na Emergência do Pronto Socorro, respirando com ajuda de aparelhos e aguardando uma vaga na UTI, mas que à vítima estaria viva e que não procedia às informações relacionadas com um suposto falecimento da vítima.

Veja também

O preso tinha passagens por tráfico de drogas, porte de arma, lesão corporal e rixa

Últimas notícias