Polícia / Trânsito

Bebê que teve perna amputada em acidente segue internada 10 dias depois

Ela segue em observação

Renata Portela Publicado em 06/12/2021, às 11h05

Caminhão era ocupado pela família
Caminhão era ocupado pela família - (Foto: O Correio News)

Está consciente e orientada, em estado considerado estável, a bebê de um ano vítima de grave acidente no dia 25 de novembro. Ela viajava com os pais no caminhão, pela MS-306, quando houve uma colisão contra um carro na região de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a Santa Casa de Campo Grande, a bebê já não está mais sedada e é acompanhada pela equipe da ortopedia e pediatria. Ela segue internada no CTI (Centro de Terapia Intensiva) pediátrico e não teve outras alterações no quadro clínico.

A bebê chegou ao hospital na madrugada do dia 26, após ter sofrido amputação da perna direita no acidente. Ela chegou a ficar sedada e entubada por alguns dias.

Acidente

O motorista do bitrem, que viajava com a esposa e a bebê de 1 ano, fazia uma ultrapassagem, quando aconteceu a colisão frontal contra o carro. A princípio, ele estaria em local de faixa contínua.

O caminhão tombou na pista e o carro foi parar nas margens da estrada. Corpo de Bombeiros foi acionado e todas as vítimas foram encaminhadas ao hospital. O motorista do carro estava sozinho e teve múltiplas fraturas.

Pai e mãe da bebê, que estavam no caminhão, tiveram apenas ferimentos leves. Já a criança acabou ficando presa nas ferragens, tendo a perna amputada.

Jornal Midiamax