Polícia / Trânsito

Engenheiro agrônomo morre após colidir caminhonete em locomotiva

O engenheiro agrônomo Douglas Ribeiro Pantaleão, morreu no início da tarde desta terça-feira (21) após colidir a caminhonete que conduzia em uma locomotiva. O acidente aconteceu na entrada da fazenda Rancho Ideal, localizada na MS-306, zona rural de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. O maquinista seguia para Rondonópolis (MT) em uma […]

Dayene Paz Publicado em 21/01/2020, às 15h12 - Atualizado em 22/01/2020, às 07h55

Agrônomo não resistiu e morreu no local
Agrônomo não resistiu e morreu no local - Agrônomo não resistiu e morreu no local

O engenheiro agrônomo Douglas Ribeiro Pantaleão, morreu no início da tarde desta terça-feira (21) após colidir a caminhonete que conduzia em uma locomotiva. O acidente aconteceu na entrada da fazenda Rancho Ideal, localizada na MS-306, zona rural de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande.

O maquinista seguia para Rondonópolis (MT) em uma velocidade de 40 km/h. Ele contou que viu quando a vítima vinha pela estrada rural e parou no cruzamento. O maquinista ainda ressaltou que, quando faltava cerca de 10 metros para a locomotiva cruzar, Douglas tentou passar antes com sua Toyota Hilux, quando houve a colisão.

O maquinista relatou que conseguiu parar cerca de 100 metros do local do acidente, voltou correndo e acionou a segurança da ferrovia, de acordo com o site O Correio News. O Corpo de Bombeiros também foi acionado, mas ao chegar no local, os militares encontraram Douglas fora do veículo, já sem vida.

Foram realizados os procedimentos de praxe pelas autoridades competentes e as circunstâncias do acidente serão apuradas.

Jornal Midiamax