Polícia / Trânsito

Motoristas correm e desrespeitam em trecho onde garota morreu

No cruzamento em que uma adolescente, Gabriela, morreu atropelada, nesta quinta-feira (4), na rua Cachoeira do Campo com a rua Gaia, moradores do bairro Portal Caiobá reclamam do perigo da rua, em que motoristas não respeitam a sinalização e abusam da velocidade. Uma dona de casa, Elaine Silva, disse que é um ponto muito perigoso […]

Thatiana Melo Publicado em 04/04/2019, às 11h38 - Atualizado às 14h29

Foto: Minamar Júnior
Foto: Minamar Júnior - Foto: Minamar Júnior

No cruzamento em que uma adolescente, Gabriela, morreu atropelada, nesta quinta-feira (4), na rua Cachoeira do Campo com a rua Gaia, moradores do bairro Portal Caiobá reclamam do perigo da rua, em que motoristas não respeitam a sinalização e abusam da velocidade.

Uma dona de casa, Elaine Silva, disse que é um ponto muito perigoso e movimentado, principalmente, pela manhã. “Quase um dia eu que fui atropelada. Eles esqueceram da gente (poder público), e nossos filhos estão sujeitos a isso”, disse.

Muitos moradores reclamaram do abuso de velocidade no bairro, em especial neste cruzamento, onde existe uma placa de sinalização horizontal, na rua Gaia, com a rua Cachoeira do Campo, que é preferencial.

O acidente

Uma adolescente morreu no fim da manhã desta quinta-feira (4), depois de ser atropelada por um caminhão de gás, no bairro Portal Caiobá, em Campo Grande. A garota teve a cabeça esmagada no acidente.

Informações são de que a vítima estava de bicicleta e seguia no mesmo sentido do caminhão de gás, na rua Cachoeira do Campo, quando o motorista do caminhão teria feito uma conversão para entrar na rua Gaia. Neste momento aconteceu o acidente. Testemunhas falaram que gritaram para a menina avisando sobre o caminhão.

O corpo da vítima foi parar embaixo do caminhão. A garota teve a cabeça esmagada. Ela estava sem documentos. Câmeras de segurança de uma conveniência próxima podem ter gravado o momento do atropelamento.

Jornal Midiamax