Polícia / Trânsito

Médico embriagado que se envolveu em acidente com morte tem prisão preventiva decretada

O médico de 69 anos que se envolveu em um acidente neste sábado (2), no Anel Viário de Campo Grande, teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (3). Uma mulher de 36 anos morreu na colisão. Nesta segunda (3), o médico passou por audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada. Ele foi autuado […]

Thatiana Melo Publicado em 03/09/2018, às 09h40 - Atualizado em 04/09/2018, às 07h43

None

O médico de 69 anos que se envolveu em um acidente neste sábado (2), no Anel Viário de Campo Grande, teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (3). Uma mulher de 36 anos morreu na colisão.

Nesta segunda (3), o médico passou por audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada. Ele foi autuado por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, já que segunda a juíza não há laudos que comprovem que o médico teria provocado o acidente, que ficará a cargo de uma instrução mais apurada para se tipificar a pena a ser enquadrado.

Ele deve ser levado para uma unidade penal da cidade, que será regulada pela Agepen.

O acidente

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o médico conduzia um Mercedes e estaria embriagado após sair de uma festa. Ele bateu em um Fiat Punto que era ocupado por duas pessoas: a passageira morreu no local e o motorista foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino com ferimentos.

O veículo Mercedes saiu da pista e ainda bateu em uma carreta que passava na rodovia e ficou destruído. A PRF foi acionada e, ao aplicar o teste de alcoolemia no médico, foi constatado o resultado de 0,71 mg/l, indicando embriaguez.

Jornal Midiamax