Polícia / Trânsito

Colisão frontal entre camionete e HB20 na BR-262 deixa 2 mortos e 6 feridos

Helicóptero resgatou vítima de acidente

Thatiana Melo Publicado em 05/06/2017, às 11h19

None

Helicóptero resgatou vítima de acidente

Acidente na manhã desta segunda-feira (5), na saída para Três Lagoas, na BR-262 deixou dois mortos, seis pessoas feridas e vítimas presas nas ferragens. A colisão foi frontal entre dois carros, sendo um Hyundai HB20 e uma camionete L-200. O Corpo de Bombeiros utilizou um helicóptero da Polícia Militar para auxiliar no resgate e agilizar o transporte de feridos até o hospital. Os mortos estavam no veículo de passeio: uma mulher morreu no local e um bombeiro na Santa Casa em Campo Grande.

Na camionete L-200, que seria de uma empresa agroflorestal, estavam três funcionários que se dirigiam para uma fazenda próxima à região de Ribas do Rio Pardo distante 97 quilômetros de Campo Grande, quando houve a colisão com o veículo Hyundai HB20, onde estavam cinco pessoas da mesma família, que viajava para Três Lagoas. 

Uma mulher não identificada morreu no local.  Ela estava no veículo HB20, que era conduzido pelo bombeiro militar identificado como, Luiz Antônio Sousa, que sofreu politraumatismo, e foi encaminhado de helicóptero, o Harpia 1, para a Santa Casa de Campo Grande. No local, ele chegou a ter parada cardiorrespiratória, foi reanimado, mas faleceu no início da tarde. A outra vítima fatal seria sogra dele. 

Duas pessoas, que estavam na camionete foram socorridas por motoristas que passavam pelo local e levadas para o hospital de Ribas do Rio Pardo. De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente aconteceu após uma ultrapassagem feita pela camionete L-200, que seguia sentido a Capital.

O HB20 seguia sentido Três Lagoas, quando aconteceu o acidente. Com o impacto, os  carros foram jogados para o acostamento e a caminhonete tombou. Testemunhas contataram a reportagem que conseguiram retirar as vítimas do veículo depois de forçar as portas.Colisão frontal entre camionete e HB20 na BR-262 deixa 2 mortos e 6 feridos

Além do militar e da sogra, o sobrinho da vítima que morreu no local e outras duas mulheres estavam no HB20. O rapaz sofreu apenas escoriações, permaneceu na rodovia e relatou como a acidente aconteceu a PRF. As outras duas vítimas foram socorridas antes mesmo do Corpo de Bombeiros chegar e o estado de saúde delas não foi divulgado.

O helicóptero, segundo o tenente Luiz Fernando Quintana, foi utilizado pela primeira vez no resgate de pessoas para agilizar o atendimento as vítimas. O Harpia 1 saiu da base e em uma ação ainda na rodovia, próximo ao Autódromo de Campo Grande, encontrou uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Dois militares e o equipamento de desencarcerador foram levados então na aeronave até o ponto na BR em que o acidente aconteceu. Depois do atendimento de emergência, o sargento Antônio foi levado no Harpia até o hospital, já que seu estado de saúde era o mais grave entre as vítimas. O vídeo feito pelo Jornal Midiamax é possível ver o momento do socorro.

A rodovia ficou completamente interditada por aproximadamente 1 hora e a perícia da Polícia Civil ainda é aguardada no local. 

(Matéria editada às 13h48 para atualização de informações) 

Vídeo

Jornal Midiamax