Segunda idosa vítima de atropelamento na área central morre na Santa Casa

A idosa Núbia Higa Shirado, de 70 anos, não resistiu aos ferimentos
| 17/07/2015
- 16:28
Segunda idosa vítima de atropelamento na área central morre na Santa Casa

A idosa Núbia Higa Shirado, de 70 anos, não resistiu aos ferimentos

Morreu a segunda vítima de atropelamento nesta quinta-feira (17) na Avenida Calógeras, na área central de Campo Grande, em que a irmã dela morreu no local. A idosa Núcia Higa Shirado, de 70 anos, chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa na noite desta quinta-feira.

A idosa estava acompanhada com a irmã, Tereza Iaco Iara, de 70 anos, quando foram atropeladas por um Renault Logan, vermelho, placas HTA-3622, de Campo Grande (MS), ao atravessarem a avenida fora da faixa de pedestre.

O condutor disse que seguia pela avenida no sentido centro/bairro quando ao desviar de um carro que estava parado, acabou atropelando as idosas. Uma delas morreu no local. Já a outra ficou em estado grave. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas.

A pedestre sobrevivente teve lesões na perna, no quadril e diversas escoriações. Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada para a Santa Casa. O estado de saúde dela é grave.

Já o condutor do Renault tem 55 anos, que é mestre de obras, teve o nome preservado. Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros após se envolver no acidente. O homem não teve lesões, porém o estado emocional dele requer cuidados. Ele foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitárias.

O marido de uma das pedestres esteve no local e ao saber que a esposa morreu, também começou a passar mal e foi atendido por outra equipe do Corpo de Bombeiros, sendo encaminhado para outra UPA.

Veja também

Últimas notícias