Polícia / Trânsito

“Esquentadinho” provoca capotamento de veículo e ainda fica agressivo

Motorista recusou atendimento médico

Kemila Pellin Publicado em 04/11/2015, às 16h55

None
_mg_0714.jpg

Motorista recusou atendimento médico

Depois de capotar o carro ao dobrar a esquina de forma brusca e bater na traseira de um veículo parado, o motorista, identificado apenas C.R.N, passou a ter comportamento agressivo, chegando a negar atendimento médico, quando equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram ao local, e precisando ser contido por policiais de trânsito que atenderam a ocorrência.

De acordo com informações de populares, o motorista, que dirigia um veículo Kia Sefhia, placas de Campo Grande, seguia pela Rua Pinheiro Machado, e ao virar na Rua Vaz de Caminho, bateu na traseira de um veículo Uno, placa BSC/1693, que estava estacionado na esquina. Com o impacto, o Kia capotou, indo parar no meio da pista. Apesar da gravidade do acidente, o motorista não ficou ferido.

Oficiais do Corpo de Bombeiros disseram que o homem estava visivelmente embriago, embora o teste do bafômetro não tenha sido realizado no local. C.R.N. foi encaminhado para a delegacia para as devidas providencias.

O proprietário do Uno não quis dar entrevistas, mas destacou que o veículo não tem seguro, e que vai cobrar o prejuízo do culpado. O guincho da Polícia de Trânsito já foi acionado para retirar o carro capotado, e liberar a pista.

Jornal Midiamax