Polícia / Trânsito

Ciclista é preso após agredir motorista de ônibus que atropelou e matou amigo

A vítima teria provocado o acidente

Renata Portela Publicado em 26/11/2015, às 12h12

None
1566f7cca33bfd11ddf4bd7c42110438.jpg

A vítima teria provocado o acidente

Na tarde de quarta-feira (25), por volta das 16h30, Vanilson Vogado dos Santos, de 22 anos, morreu após ser atropelado por um ônibus em Coxim, cidade a 253 quilômetros da Capital. O ciclista foi atingido pelo veículo com placas de Campo Grande, na ponte velha sobre o rio Taquari.

O motorista do ônibus, também de 22 anos, disse ao site Edição de Notícias que seguia na ponte quando o ciclista, que estava no mesmo sentido, cruzou a pista na frente do veículo. Ele explicou que tentou frear, mas não teve tempo de evitar o acidente. Vanilson foi arremessado a aproximadamente 4 metros e ficou gravemente ferido.

A bicicleta conduzida pelo rapaz ficou embaixo do ônibus e o ciclista foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu aos ferimentos e chegou ao Hospital Regional Álvaro Fontoura já sem vida. Ele sofreu politraumatismo e traumatismo cranioencefálico.

O motorista do ônibus não sofreu ferimentos e aguardou a chegada do GTran (Grupamento de Trânsito) e da PM (Polícia Militar). Outros dois ciclistas que estavam com a vítima ficaram alterados e chegaram a partir para cima do motorista. Um foi detido por obstruir o trabalho da polícia e outro arremessou a bicicleta contra o ônibus.

Um corotinho de pinga foi encontrado no local, o que levantou a suspeita da polícia de que os três ciclistas teriam ingerido bebida alcoólica. O corpo de vítima foi encaminhado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e o motorista do ônibus deverá responder por homicídio culposo, quando não há intenção, na direção de veículo automotor.

Jornal Midiamax