Polícia / Trânsito

Piloto de motocicleta de acidente que matou assistente social já recebeu alta

Piloto de motocicleta que se envolveu em um acidente na Ernesto Geisel, que terminou com a morte da assistente social Khédma Karim de Souza, 32 anos, já saiu do hospital. De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, Gilson Mareco de Souza, 32 anos já foi liberado, mas não foi possível informar a […]

Arquivo Publicado em 18/02/2014, às 16h57

None

Piloto de motocicleta que se envolveu em um acidente na Ernesto Geisel, que terminou com a morte da assistente social Khédma Karim de Souza, 32 anos, já saiu do hospital. De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, Gilson Mareco de Souza, 32 anos já foi liberado, mas não foi possível informar a data e a hora da alta médica.


Morte – O acidente envolveu cinco veículos no fim da tarde do domingo (16), na avenida Ernesto Geisel, no bairro Estrela do Sul. Uma caminhonete S-10 que trafegava pela avenida e teria batido na traseira de uma motocicleta Suzuki.


Com a colisão, o piloto teria perdido o controle e invadido a pista contrária, atingindo outros três carros, um Classic que ficou destruído e deixou o condutor preso nas ferragens, um Uno e um Kadett.


Khédma era passageira da motocicleta, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Santa Casa com traumatismo craniano encefálico, mas morreu na noite do mesmo dia. Já o piloto teve fratura na clavícula.

Jornal Midiamax