Polícia / Trânsito

Motociclista fica em estado grave ao se envolver em acidente na MS-080

Antônio Carlos Ibanes, de 29 anos, está em estado grave após se envolver em um acidente na MS-080, na saída para Rochedo – região oeste de Campo Grande. O fato ocorreu por volta das 10 horas, em frente da entrada da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural).  A vítima conduzia a motocicleta Honda […]

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 13h38

None
868555773.jpg

Antônio Carlos Ibanes, de 29 anos, está em estado grave após se envolver em um acidente na MS-080, na saída para Rochedo – região oeste de Campo Grande. O fato ocorreu por volta das 10 horas, em frente da entrada da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural). 

A vítima conduzia a motocicleta Honda CB 600, com placa NRG-2111, de Campo Grande (MS), que teve perda total com o acidente, que ocorreu entre o Gol, com placas MRF-2355, de Campo Grande (MS), dirigido por Marcos Soares Barbosa, de 41 anos. 
Conforme informações do Corpo de Bombeiros, Marcos seguia de Campo Grande a Rochedo pela via para buscar a filha que fazia uma prova na Agraer. Ao ligar para a jovem, descobriu que ela estava dentro do ônibus, ele mandou que ela descesse e voltasse a Agência, pois ele já estava a caminho. 
Ao chegar na frente da Agraer, Marcos fez o balão na via e não percebeu que o motociclista vinha no mesmo sentido que ele, mas em alta velocidade. A vítima não teve tempo para frear ou desviar e bateu na lateral do carro. 
Com o impacto, Antônio Carlos chegou a ser arremessado. A filha de Marcos presenciou o acidente e ficou em estado de choque. Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foram acionados. 
Uma unidade dos bombeiros socorreram Marcos que ficou ferido com o impacto do acidente e os estilhaços de vidro. Há suspeita que um dos cacos perfurou o olho do motorista. Já Antônio recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado as pressas para a Santa Casa, mesmo local que foi levado o motorista do automóvel.
A pista está cheia de óleo da motocicleta e os bombeiros estão tendo que fazer o trabalho de orientar o tráfego de veículos. Equipes da Perícia foram acionadas para fazer os levantamentos do local.
Os militares dos bombeiros afirmaram que só vão lavar a pista ou jogar areia sobre o óleo, após a liberação dos peritos, que farão os laudos.
Jornal Midiamax