Polícia / Trânsito

Merkel sofre acidente de esqui e cancela agenda por três semanas

A chanceler alemã, Angela Merkel, cancelou nesta segunda-feira sua agenda para as próximas três semanas por causa de uma fissura que sofreu na região pélvica após um acidente de esqui na Suíça. Devido ao repouso médico, ela cancelou uma visita à Polônia e uma reunião com o primeiro-ministro de Luxemburgo. De acordo com o porta-voz […]

Arquivo Publicado em 06/01/2014, às 14h46

None

A chanceler alemã, Angela Merkel, cancelou nesta segunda-feira sua agenda para as próximas três semanas por causa de uma fissura que sofreu na região pélvica após um acidente de esqui na Suíça. Devido ao repouso médico, ela cancelou uma visita à Polônia e uma reunião com o primeiro-ministro de Luxemburgo.


De acordo com o porta-voz do governo alemão, Stefen Seibert, a chefe de governo caiu enquanto fazia esqui cross-country quando caiu. Inicialmente, ela achava que tinha apenas arranhado a parte de trás da cintura, mas depois os médicos constataram que a parte esquerda do osso do quadril havia sido fissurada.


A chefe de governo está andando com a ajuda de muletas, mas é capaz de administrar sua agenda administrativa interna e se comunica normalmente.


O representante não deu informações sobre a cirurgia nem o dia em que ocorreu a queda que provocou a lesão. No entanto, negou que a chefe de governo estivesse em alta velocidade e não soube informar se outra pessoa se envolveu no acidente.


Dentre os compromissos cancelados, estavam uma visita à Polônia, que deveria ser realizada nesta quarta (8), e a recepção ao primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, na quinta (9).


Em 29 de dezembro, outra personalidade alemã sofreu um acidente de esqui nos Alpes. O ex-piloto de Fórmula-1 Michael Schumacher sofreu traumatismo craniano grave em Grenoble, na França, e está em coma induzido há oito dias.


No domingo (4), a porta-voz do piloto, Sabine Kehm, disse que a situação dele era crítica, mas estável.

Jornal Midiamax