Polícia / Trânsito

Justiça marca audiência de indenização sobre acidente entre caminhonete e táxi na Capital

A Justiça marcou para o dia 15 de julho, a data da audiência sobre o pedido de indenização por dano material de Ramon Rudney Tenório Souza E Silva. Ele estava em um táxi no dia 11 de fevereiro do ano passado, que foi atingido pela caminhonete conduzida pelo administrador de fazendas Diogo Machado Teixeira. O […]

Arquivo Publicado em 24/03/2014, às 19h28

None
1797343633.jpg

A Justiça marcou para o dia 15 de julho, a data da audiência sobre o pedido de indenização por dano material de Ramon Rudney Tenório Souza E Silva. Ele estava em um táxi no dia 11 de fevereiro do ano passado, que foi atingido pela caminhonete conduzida pelo administrador de fazendas Diogo Machado Teixeira. O valor da ação é de R$ 135.600,00.


No acidente, morreu o amigo de Ramon, José Pedro Alves da Silva Júnior, 22 anos. O taxista que conduzia o veículo, Sebastião Mendes da Rocha ficou internado, teve alta médica e morreu quatro meses depois. Ainda não foi esclarecido se a morte teve alguma relação com o acidente.


“Designa-se audiência preliminar para o dia 15/07/2014, às 15:00 horas, à qual deverão comparecer as partes ou procuradores com poderes efetivos para transigirem, com propostas concretas para serem discutidas”, diz o juiz.


Acidente – A colisão entre o táxi e a caminhonete aconteceu no dia 11 de fevereiro do ano passado. Teixeira é acusado de provocar o acidente que aconteceu na avenida Afonso Pena com a rua Bahia. Ele admitiu que bebeu quatro cervejas e duas doses de vodka no dia do acidente, antes de conduzir o veículo. Teixeira deixou a prisão após o pagamento de uma fiança no valor de R$ 101,7 mil.


Ramon retornou para a terra natal, Pernambuco, após o acidente. Ele teve lesões nas pernas, inclusive com um fêmur quebrado em três partes, no braço e na região do peito.

Jornal Midiamax