Polícia / Trânsito

Dentista que se envolveu em grave acidente em Campo Grande paga fiança e é liberada

De acordo com o delegado Luis Tomaz de Paula Ribeiro da Depac do Centro, nesta tarde de sexta-feira (20) a polícia foi comunicada do pagamento da fiança arbitrada pelo juiz. O valor da fiança é de dez salários mínimos.

Arquivo Publicado em 20/06/2014, às 22h00

None

De acordo com o delegado Luis Tomaz de Paula Ribeiro da Depac do Centro, nesta tarde de sexta-feira (20) a polícia foi comunicada do pagamento da fiança arbitrada pelo juiz. O valor da fiança é de dez salários mínimos.

A dentista Célia Caroline Oliveira, de 25 anos, que foi presa em flagrante, após se envolver em um grave acidente, com a amiga Gabrielli Pinheiro Machado Guenka, de 21 anos, pagou fiança e foi liberada pela polícia.


De acordo com o delegado Luis Tomaz de Paula Ribeiro da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro de Campo Grande, durante a tarde desta sexta-feira (20), a polícia foi comunicada do pagamento da fiança arbitrada pelo juiz. O valor da fiança é de dez salários mínimos.


Célia Caroline estava internada na Santa Casa de Campo Grande e deve ser liberada, assim que tiver alta médica.


A dentista era condutora do Celta, placas HTT-133, de Corumbá (MS), que se envolveu em um acidente que vitimou a carona e amiga Gabrielli Pinheiro Machado Guenka, acadêmica de engenharia da computação. Gabrielli foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhada à Santa Casa, onde passou por uma cirurgia para amputar o braço direito e segue internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).


Célia Caroline foi presa em flagrante, pois foi constatado que ela estava visivelmente embriagada. Ela foi encaminhada para a Santa Casa na tarde de quinta-feira, após passar mal na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro, onde estava detida.


Acidente


As amigas haviam saído de uma festa em uma casa noturna sertaneja localizada na Avenida Afonso Pena, no Jardim dos Estados, na madrugada da quinta-feira (19. O veículo seguia pela Rua Ceará, no sentido centro/bairro, quando a condutora perdeu o controle.


O automóvel bateu em um veículo Fox, que estava estacionado na frente de uma farmácia que há no cruzamento. Com o impacto, o Celta, foi arremessado para uma praça, que há do lado do estabelecimento, destruiu alguns equipamentos de ginástica e capotou. Com isso, Gabrielli teve o braço direito dilacerado.


Após o acidente, equipes da BPTran (Batalhão de Policiamento de Trânsito) estiveram no local e constataram que a condutora estava em estado visível de embriaguez. Entretanto, Célia, que teve apenas arranhões, alegou que não havia ingerido bebida alcoólica, porém se recusou a fazer o teste do etilômetro.

Jornal Midiamax