Acusado de arrastar mulher por 800 metros após acidente deixa o presídio em SC

O jovem acusado de arrastar por 800 metros Maristela Stringhini, de 40 anos, deixou o Presídio Regional de Rio do Sul, no Vale do Itajaí. Julio Cesar Leandro, de 21 anos, irá a júri popular, ainda sem data definida, mas ganhou o direito a responder ao processo em liberdade. A mulher foi arrastada após ficar […]
| 20/08/2014
- 18:36
Acusado de arrastar mulher por 800 metros após acidente deixa o presídio em SC

O jovem acusado de arrastar por 800 metros Maristela Stringhini, de 40 anos, deixou o Presídio Regional de Rio do Sul, no Vale do Itajaí. Julio Cesar Leandro, de 21 anos, irá a júri popular, ainda sem data definida, mas ganhou o direito a responder ao processo em liberdade.

A mulher foi arrastada após ficar embaixo de um carro na cidade de Rio do Sul, em Santa Catarina, no dia 13 de abril. Ela estava na garupa da moto conduzida pelo noivo, quando o casal se envolveu em um acidente. A mulher caiu e ficou presa embaixo do carro. O motorista não parou e a arrastou por cerca de 800 metros pelo centro de Rio do Sul. De acordo com o pai do jovem, ele havia bebido antes de dirigir.

Maristela já passou por 14 cirurgias após sofrer ferimentos por todo o corpo e ter os seios mutilados. Mesmo com a alta médica, Maristela retorna ao Vale do Itajaí uma vez por semana para fazer curativos. Ela deve continuar o tratamento em casa. Somente daqui a seis meses vai começar a fazer as cirurgias de reconstrução dos seios.

O motorista responde por tentativa de homicídio por motivo torpe e sem direito de defesa da vítima.

Veja também

Na carreta estavam o motorista de 60 anos e o neto de 9 anos

Últimas notícias