Polícia / Trânsito

Vítima de acidente na BR-163 aguarda por vaga para fazer cirurgia em Campo Grande

A família de Jeandavid Salvino Milhomens, de 30 anos, está vivendo o drama da falta de vaga em hospitais públicos de Campo Grande. Com o fêmur fraturado em dois lugares, Milhomens precisa ser transferido de Coxim para fazer a cirurgia.xxxx Ele foi vítima de um acidente na noite de domingo (22) na BR-163, zona urbana […]

Arquivo Publicado em 25/07/2012, às 14h21

None
959910611.jpg

A família de Jeandavid Salvino Milhomens, de 30 anos, está vivendo o drama da falta de vaga em hospitais públicos de Campo Grande. Com o fêmur fraturado em dois lugares, Milhomens precisa ser transferido de Coxim para fazer a cirurgia.xxxx Ele foi vítima de um acidente na noite de domingo (22) na BR-163, zona urbana de Coxim. Além das fraturas no fêmur, Milhomens também teve o joelho, o calcanhar e dedos fraturados.


Segundo a esposa da vítima, Tatiane da Silva Mendes Milhomens, de 22 anos, ele sente muita dor e não consegue dormir. “A impressão que tenho é que os remédios não estão fazendo efeito”, disse.


Apesar do bom atendimento que Milhomens tem recebido por parte dos funcionários do Hospital Regional de Coxim, a esposa pede que as autoridades competentes façam alguma coisa pelo marido. “É triste ver uma pessoa sentindo dor o tempo inteiro”, comentou.


Tatiane diz que a família não tem condições de bancar a cirurgia no fêmur, valor superior a R$ 10 mil, por isso tem de esperar pelo SUS (Sistema Único de Saúde).


O ACIDENTE


Milhomens seguia pela BR-163 pilotando uma Yamaha XTZ, placa HSZ-1434 de Três Lagoas, quando foi atingido por um GM Corsa Classic, que era conduzido por um adolescente.


Após o acidente, o adolescente fugiu do local pela avenida Gaspar Ries Coelho, mas foi identificado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (24). O carro com a lateral parcialmente destruída foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia.

Jornal Midiamax