Polícia / Trânsito

PRE registra acidentes, tráfico e documentos vencidos nos 15 mil km de rodovias estaduais

A primeira parcial das ocorrências nas rodovias estaduais foi divulgada nessa segunda-feira, 24. De acordo com a PRE foram registrados 11 acidentes, sendo um deles com morte, próximo ao município de Nioaque, no dia 23

Arquivo Publicado em 24/12/2012, às 14h39

None
775737192.jpg

A primeira parcial das ocorrências nas rodovias estaduais foi divulgada nessa segunda-feira, 24. De acordo com a PRE foram registrados 11 acidentes, sendo um deles com morte, próximo ao município de Nioaque, no dia 23

Desde o dia 21 de dezembro patrulheiros da Polícia Rodoviária estadual (PRE) estão monitorando com reforço os mais de 15 mil quilômetros de rodovias estaduais. A operação, batizada de Boas Festas, vai até 2 de janeiro.

A primeira parcial das ocorrências nas rodovias estaduais foi divulgada nessa segunda-feira, 24. De acordo com a PRE foram registrados 11 acidentes, sendo um deles com morte, próximo ao município de Nioaque, no dia 23. Um veículo de passeio e um caminhão colidiram.

De acordo com a PRE, mais de 30 veículos estavam em desacordo com as regras de trânsito e seus condutores foram autuados. Além disso, três Certificados de Licenciamento Anual (CLA) foram recolhidos.

A ação registrou três apreensões, considerado conforme a legislação vigente, como resultado de produtos de contrabando/descaminho. Seiscentos e quarenta e cinco quilos de maconha e dois veículos envolvidos com trafico de drogas foram apreendidos.

O Midiamax acompanhou na manhã dessa segunda-feira parte do trabalho da PRE, em um dos trechos da MS-060, na região de Sidrolandia. Praticamente todos os veículos foram parados para verificação de documentos e equipamentos obrigatórios de segurança.

Um dos condutores parado na barreira volante foi um caminhoneiro que pegou uma carga de carnes em Nioaque para levar até o estado de São Paulo. Sem querer se identificar, ele revelou que precisa chegar com a encomenda até as 18h dessa segunda, pois o produto já é encomenda para o churrasco natalino de muita gente. “Não sei se vai dar tempo porque tem que dirigir com cautela e a polícia está bastante presente fazendo barreiras de fiscalização, mas esse trabalho é bom pra gente”, disse.

Jornal Midiamax