Polícia / Trânsito

Piloto que morreu em acidente áereo com pecuaristas tinha 30 anos de experiência

Amigos Teodoro Janjão informaram que o piloto tinha experiência com aeronave há mais de trinta anos. “Ele era brevetado há mais de três décadas e sua experiência no comando de uma aeronave era inquestionável”, citou um dos amigos que foi ao aeroporto do município para buscar informações. O vigia do aeroporto, Antonio Vicente disse que […]

Arquivo Publicado em 26/08/2012, às 12h48

None
863349290.jpg

Amigos Teodoro Janjão informaram que o piloto tinha experiência com aeronave há mais de trinta anos. “Ele era brevetado há mais de três décadas e sua experiência no comando de uma aeronave era inquestionável”, citou um dos amigos que foi ao aeroporto do município para buscar informações.


O vigia do aeroporto, Antonio Vicente disse que Janjão passou no receptivo por volta das 6h30, e inclusive deixou um pedaço de mamão para ele, informou. Momentos depois a aeronave modelo Cessna 210 prefixo, prefixo PT OKZ decolou com destino a uma propriedade rural no município de Água Clara onde aconteceu o acidente fatal.


Informações dão conta que a aeronave estava em bom estado e havia passado por revisão recentemente.


De acordo com a assessoria de Comunicação da Base Aérea de Campo Grande, dois peritos de investigação de acidentes aeronáuticos da capital paulista estavam na Base Aérea, mas só devem ir ao local do acidente neste domingo (26).

Jornal Midiamax