Polícia / Trânsito

Vítima de acidente com atriz diz que se confundiu e retira queixa

A vítima do acidente de trânsito ocorrido em outubro do ano passado, envolvendo a atriz Grazi Massafera, no Rio, afirmou que se confundiu sobre acusação de que a atriz estaria dirigindo sem ter carteira no dia do acidente. A informação é da Polícia Civil. O senhor, um idoso de 70 anos, está na 16ª DP […]

Arquivo Publicado em 17/03/2011, às 13h17

None

A vítima do acidente de trânsito ocorrido em outubro do ano passado, envolvendo a atriz Grazi Massafera, no Rio, afirmou que se confundiu sobre acusação de que a atriz estaria dirigindo sem ter carteira no dia do acidente. A informação é da Polícia Civil.

O senhor, um idoso de 70 anos, está na 16ª DP (Barra da Tijuca) assistindo às imagens adquiridas pela polícia que podem esclarecer como aconteceu o acidente.

Sua advogada, no entanto, não confirma que o clienta vá retirar queixa contra a atriz. “A única coisa que está confirmada é que houve avanço de sinal. A vítima vai ver as imagens junto com o delegado”, reiterou a advogada Flávia Luz.

Acareação

Segundo o delegado Fernando Cesar Magalhães Reis, se a vítima voltar atrás, a acareação que iria pedir entre ela, Grazi e o motorista da atriz será cancelada.

“As imagens ainda não estão totalmente nítidas. Precisamos ampliá-las, mas as primeiras análises comprovam a versão de uma testemunha e desmentem a da vítima”, afirmou o delegado. As imagens devem ser divulgadas à imprensa na quinta-feira (17).

Segundo Reis, já foi realizada uma acareação entre a testemunha e a vítima, um idoso de 70 anos. “De acordo com o depoimento da testemunha, após o acidente, a vítima saiu do carro e sentou na calçada levando as mãos à cabeça, enquanto o motorista da atriz, que abriu a porta do veículo pelo lado do volante, foi até ele para saber se estava bem. Já a vítima afirma que foi imediatamente até o carro da atriz e verificou que Grazi dirigia. O idoso afirma ainda que ela trocou de lugar com o motorista após o acidente”, explicou o delegado.

De acordo com a advogada do idoso, seu cliente pode ter se confundido, mas não mentiu. “Segundo o depoimento da testemunha o motorista saiu do veículo pelo lado do condutor, mas demorou um pouco para isso. Ele pode sim ter trocado de lugar com a atriz”, afirmou a advogada, que diz ainda que, depois de quatro meses, a vítima pode ter trocado a ordem dos fatos.

Como foi

O delegado Rafael Willis, que cuidava do caso antes de Reis, chegou a afirmar que, apesar de Grazi ter dito que seu motorista dirigia o carro, testemunhas do acidente haviam contado que ela era quem estava na direção. Grazi ainda não tinha habilitação.

O atual delegado do caso, no entanto, conta que, em depoimento, Grazi disse ter ligado para 190 enquanto seu motorista foi ver se a vítima precisava de socorro. “Vamos averiguar a versão da atriz com o 190 e verificar se ela realmente ligou”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, há indícios de que o carro em que a atriz estava ultrapassou o sinal vermelho e atingiu o veículo da vítima: “Ainda não fizemos a cronometragem da fita, mas os indícios são fortes”.

Jornal Midiamax