Polícia / Trânsito

Chuva diminui acidentes graves e aumenta pequenas batidas nas ruas de Campo Grande

A chuva constante sobre Campo Grande e região desde o início da semana refletiu no número de acidentes e colisões nas ruas da cidade. Ainda não há dados oficiais. Porém, enquanto acidentes mais graves parecem ter diminuído, é grande o número de pequenas batidas, muitas vezes resolvidas entre os motoristas sem acionar as autoridades. De […]

Arquivo Publicado em 03/03/2011, às 20h07

None

A chuva constante sobre Campo Grande e região desde o início da semana refletiu no número de acidentes e colisões nas ruas da cidade. Ainda não há dados oficiais. Porém, enquanto acidentes mais graves parecem ter diminuído, é grande o número de pequenas batidas, muitas vezes resolvidas entre os motoristas sem acionar as autoridades.


De acordo com a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran), um fator preponderante é a diminuição no número de motocicletas circulando nas ruas da Capital. Condutores mais cautelosos por causa da pista molhada também influenciam nas estatísticas.


Descuido


Por outro lado, as pequenas batidas causadas por descuido ou diminuição nas condições de visibilidade devido à chuva aumentam visivelmente com o longo período de precipitação. Manobras como a saída de estacionamentos, mudanças de faixas de rolagem e conversões são as que exigem atenção redobrada.


“Além dos problemas de atrito, com a pista escorregadia, é necessário redobrar a atenção em qualquer manobra porque a chuva diminui a visibilidade e até o barulho atrapalha”, comenta Reginaldo Coelho, motorista profissional há 14 anos.

Jornal Midiamax