Polícia / Trânsito

Consórcio investiga acidente que matou três em obra do São Francisco

O consórcio OAS/Galvão/Barbosa Mello/Coesa, responsável pela execução das obras de transposição do Rio São Francisco, informou hoje (22) que está apurando as causas do acidente que matou três pessoas e deixou dez feridos no canteiro de Sertânia, a 316 quilômetros de Recife, na terça-feira (21). Em nota, o consórcio lamentou o episódio e já deslocou […]

Arquivo Publicado em 22/12/2010, às 22h44

None

O consórcio OAS/Galvão/Barbosa Mello/Coesa, responsável pela execução das obras de transposição do Rio São Francisco, informou hoje (22) que está apurando as causas do acidente que matou três pessoas e deixou dez feridos no canteiro de Sertânia, a 316 quilômetros de Recife, na terça-feira (21). Em nota, o consórcio lamentou o episódio e já deslocou equipes para dar assistência às vítimas e aos parentes.


O Ministério da Integração Nacional determinou ao consórcio que, além de providenciar socorro e assistência às vítimas, investigue as causas do acidente “para que fatos lamentáveis como este não se repitam”.


Segundo o Corpo de Bombeiros de Sertânia, uma explosão teria provocado o acidente. De acordo com a corporação, os operários manipularam explosivos durante o dia e, quando foram recolher o material no fim da tarde, ocorreu a explosão.

Jornal Midiamax