Valderli Rodrigues de Oliveira, de 56 anos, foi condenado a 2 anos e 8 meses no Tribunal do Juri por matar a facadas Roque Lara Pinto, de 38 anos, em uma conveniência do bairro Jardim Aero Rancho, em Campo Grande, em maio de 2020.

Valderli foi julgado nesta terça-feira (18), e o Conselho de Sentença o condenou pelo crime de lesão corporal seguida de morte. A pena deverá ser cumprida em regime inicial aberto.

O crime

Conforme a denúncia do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), Valderli e Roque estavam consumindo bebida alcoólica em uma conveniência, quando a vítima solicitou uma dose de pinga ao autor, que aceitou pagar.

Em seguida, Valderli foi até sua residência buscar o dinheiro da pinga, e ao voltar se deparou com a vítima tentando tomar outra dose de pinga no local. No entanto, o pedido foi negado pelo proprietário da conveniência em razão do estado de embriaguez de Roque.

Foi quando a vítima se dirigiu ao autor e passou a xingá-lo e a dizer que teria relações sexuais com a filha de Valderli. Nesse momento, bastante irritado com os comentários de Roque, o autor tomou posse de uma faca de 26 centímetros e deu um golpe fatal contra a vítima na região do quadril.

Roque não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no dia seguinte. Após o crime, Valderli fugiu do local.