No final da tarde deste sábado (22), uma mulher foi agredida física e verbalmente pelo companheiro, na cidade de Dourados, a cerca de 250 quilômetros de Campo Grande. O homem foi impedido de praticar novas agressões a vítima por um policial penal. O casal estava junto há 5 anos.

Na delegacia, ela contou que além das agressões, o homem a ameaçou de morte e que constantemente é agredida pelo agressor, mas que nunca registrou o caso por medo. Conforme as informações do Boletim de Ocorrência, o autor xingou a esposa com palavras de baixo calão depois de pedire o carro emprestado para a mulher.

Mas, como a vítima negou emprestar o veículo, o homem agrediu a companheira com socos, chutes, empurrões e ainda a arrastou pelos cabelos. Em seguida, ainda consta no B.O, que o agressor ameaçou a mulher dizendo: ‘se você registrar Boletim de Ocorrência contra mim eu vou te matar’ e novamente gritou com palavras de baixo calão.

A vítima saiu correndo com a filha do casal de, três anos, e foi para a casa da vizinha. Mas, o autor invadiu a residência e fez novas agressões. Neste momento, a vizinha acionou a Polícia Militar e o policial penal impediu as novas agressões.

O caso foi registrado na Depac de Dourados, como violência doméstica e lesão corporal.

(Matéria editada no dia 24/06 para correção de informação)