A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul deflagrou, nesta segunda-feira (24), uma operação de combate ao registro e divulgação de conteúdo sexual não autorizado em Mundo Novo, a 463 quilômetros de Campo Grande. Uma residência do município foi alvo de busca e apreensão pelos agentes.

Durante a ocorrência, dois homens, de 27 e 24 anos, foram presos acusados de filmarem e fotografarem vítimas em cenas de nudez, ato sexual ou de caráter íntimo sem consentimento. Além disso, os suspeitos teriam divulgado as imagens na internet.

Os registros teriam sido realizados em casas, motéis e também em festas em casas noturnas. A divulgação de imagens pornográficas sem consentimento dos participantes é crime, segundo o 218-C do código penal. A infração pode gerar prisão de 2 a 5 anos, além de multa.

As investigações ainda apuram se há a existência de vítimas menores de idade, bem como eventual crime de favorecimento da exploração sexual de adolescentes.

Durante a busca e apreensão, foram apreendidos aparelhos telefônicos, notas de dinheiro falsificadas e drogas.