Policiais civis da SIG (Seção de Investigações Gerais) prendeu um homem de 37 anos, suspeito de estuprar três vezes uma criança de 12 anos, em uma cidade de Mato Grosso do Sul De acordo com a polícia, os fatos ocorreram em dezembro de 2023, quando o suspeito, por três oportunidades teria cometido o crime. Ele ainda teria ameaçado matar a vítima e toda sua família caso contasse os fatos para alguém.

Ainda segundo a polícia, a criança nunca falou nada a ninguém, porém passou a se auto lesionar e chorar sem motivo aparente. Na semana passada, o autor voltou a procurar a vítima, que teve um ataque de pânico e novamente se auto lesionou, oportunidade em que os fatos vieram à tona. Exames periciais realizados pelos médicos legistas constaram os abusos sexuais.

A Polícia Civil então representou pela prisão preventiva do suspeito, que, após manifestação favorável do Ministério Público, foi deferida pelo poder Judiciário. Nesta sexta-feira (21), ele foi preso pelos agentes da SIG, no centro de Ivinhema. Os investigadores localizaram fotos infantis de cunho sexual no aparelho celular do suspeito. Ele será encaminhado ao presídio local, onde ficará à disposição da justiça.

A Polícia Civil alerta aos pais, professores, responsáveis em gerais para estarem sempre atentos aos sinais de alerta que as crianças podem estar apresentando em decorrência de um abuso sexual, tais como automutilação, choro sem motivo aparente, reclusão, resistência a ir à casa de parentes ou conhecidos, dentre outros. Denúncias anônimas poderão ser feitas por meio do “whatsaap” da sig (67- 99208-9491), garantindo-se o sigilo dos denunciantes.