Uma moradora da cidade de Miranda, a 180 quilômetros de Campo Grande, procurou a Polícia Civil nesta segunda-feira (17) após ter sua conta digital hackeada e perder R$ 650 reais do Bolsa Família. O caso foi registrado como estelionato.

De acordo com o boletim de ocorrência, a jovem de 21 anos contou que ao checar o aplicativo do banco onde recebe o benefício, percebeu que o valor não estava disponível e constatou a transação fraudulenta, uma transferência para pessoa de nome Hugo Moreira de Souza.

Ela afirmou aos policiais que jamais autorizou o uso da sua conta por terceiros e que não realizou Pix para Hugo Moreira de Souza. Por sentir-se lesada financeiramente e por perceber essa grave falha de segurança no sistema, decidiu comunicar o fato à Polícia Civil, para providências cabíveis.