O motociclista João Fabrício de Souza Ludgero, de 37 anos, que morreu em um acidente envolvendo uma carreta na manhã desta sexta-feira (21) na BR-262, próximo ao trevo que dá acesso ao município de Anastácio, a 135 quilômetros de Campo Grande, estava indo para Corumbá comemorar seu aniversário. A passageira Janaina da Silva, de 32 anos, esposa da vítima, nada sofreu.

De acordo com informações apuradas pelo Jornal Midiamax, o casal mora em Campo Grande e estava indo para a cidade de Corumbá, onde João Fabrício ia comemorar seu aniversário com parentes que moram na cidade branca, quando aconteceu o acidente. Ele passava de motocicleta pela rodovia entre os dois trevos que dão acesso ao município de Anastácio.

O motociclista foi para o acostamento, para dar passagem a um veículo que seguia atrás, em alta velocidade. Porém, ao retornar para a rodovia, a vítima perdeu o equilíbrio e acabou caindo embaixo de uma carreta, que vinha em sentido contrário, onde as rodas traseiras passaram sobre a cabeça do condutor, causando sua morte instantânea. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas nada pôde fazer.

O motorista da carreta envolvida, de imediato, fez o contorno na rotatória, retornando ao local do acidente para prestar esclarecimentos. Janaina nada sofreu, mas ficou extremamente abalada em presenciar a morte do marido, sendo consolada por militares do Corpo de Bombeiros, enquanto chorava ao lado do corpo de Fabrício. Ele foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil em Anastácio, para providências de praxe.

Em sua rede social, a última publicação de João foi em abril deste ano, um vídeo enquanto trafegava pela mesma rodovia dizendo “uma dica para a vida, morrer, de tanto viver”, demonstrando o quanto gostava de fazer o trajeto que acabou ceifando sua vida.