Detento brasileiro que cumpre pena na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero foi espancando por colegas dentro da cela. Ele já havia relatado que estava sofrendo ameaças. Durante as agressões, ele teve lesões graves nas partes íntimas.

A defensora pública, Gladys Escobar, que acompanha o caso, pediu explicações para a administração penitenciária sobre as agressões ao brasileiro que cumpre pena por tráfico de drogas.

O caso foi denunciado por parentes do detento, que residem em Rondônia. Além dos ferimentos nos órgãos genitais, a vítima foi atingida nos olhos e também nos braços.

Ainda segundo informações do Ministério Público do Paraguai, o espancamento aconteceu em virtude de uma dívida com outros colegas de cela. O Caso é investigado pela Polícia Nacional.