O rapaz, de 22 anos, que foi preso após esfaquear o tio no último domingo (25), no Jardim Anache, região norte de Campo Grande, teve a prisão convertida em preventiva pela Justiça.

Conforme relato de testemunhas, os parentes teriam discutido, quando o sobrinho golpeou o homem na cabeça com um facão. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e o rapaz foi preso.

A mãe do rapaz contou que o filho é usuário de drogas desde os 14 anos. Naquela época, chegou a pedir ajuda ao Conselho Tutelar e outros órgãos, mas não teve resposta sobre como resolver o problema, já que ele não poderia ser punido criminalmente.

Assim, desde sexta-feira (23) o rapaz já estaria usando drogas. Ele teria pedido para o tio fazer um Pix com dinheiro, para comprar mais entorpecentes. No entanto, o familiar negou.

O suspeito então pulou o muro da casa na posse de um facão e para defender a família o tio, foi lesionado quando tentava conter o sobrinho.

Após o crime, o rapaz fugiu, sendo localizado e preso algumas quadras dali. O rapaz indicou aos policiais onde escondeu o facão.