Um homem de 36 anos foi preso na madrugada deste sábado (19) em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, depois de dar socos no rosto de um policial. A confusão começou porque a polícia foi acionada por causa de som alto de uma festa, no Bairro Jardim Nova Ponta Porã. No entanto, o suspeito não aceitou que evento fosse encerrado e se envolveu na briga.

Segundo o boletim de ocorrência, a guarnição policial foi atendida para atender chamado de perturbação de sossego devido à festa por volta de duas horas da manhã. No local, uma menina de 27 anos, dona do imóvel, estava com os amigos ouvindo música e consumindo bebidas alcoólicas. Em seguida, ela desligou o som.

Na mesma hora, um dos amigos da dona do imóvel foi tirar satisfação com os policiais. Segundo registro, ele estava alterado. Ele não obedeceu a ordem de ficar distante e questionou a polícia sobre as ordens de desligar o som.

Em seguida, o homem chegou perto da viatura e jogou um copo de bebida no rosto de um dos policiais, o que causou lesão no rosto próximo ao olho esquerdo. Devido a isso, policiais e suspeito se envolveram numa briga.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, o suspeito tentou correr para dentro da residência novamente, mas foi contido pela guarnição, momento em que desferiu socos contra os policiais militares também, chegando a acertar o rosto de um deles.

Foi necessário o uso moderado de força e policiais foram ao solo para imobilizar o homem. Ele foi levado para a Primeira Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã algemado. Caso foi registrado como lesão corporal se praticada contra autoridade.