O adolescente de 16 anos, Luciano Pereira, executado com pelo menos sete tiros, na noite deste domingo (22), no bairro Alves Pereira, em , teria sido assassinado por causa de drogas, segundo a delegada Joilce Ramos. O atirador estava em um veículo Celta.

De acordo com a delegada, quando foi assassinado, Luciano estava vendendo drogas. Um papelote que aparentava ser cocaína estava com ele na hora da execução. O adolescente foi morto com pelo menos sete na cabeça, tórax e pernas. 

O atirador estava sozinho em um veículo Celta, de cor branca, quando chegou ao cruzamento das ruas Tucuruvi com Agostinho Bacha. Ele fugiu em seguida. O adolescente estaria na companhia de mais dois amigos no momento do atentado, mas eles não foram atingidos.

Luciano morreu no local, e segundo informações já tinha passagens por tráfico de drogas. Equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) fazem buscas pelo autor do crime.