Na noite de sábado (23), homem investigado há pelo menos 7 meses foi preso por tráfico de drogas em Água Clara, cidade distante 193 quilômetros de Campo Grande. Ele estava construindo uma casa avaliada em R$ 1 milhão, com do crime.

Segundo a Polícia Civil, o criminoso atuava na modalidade delivery, com uma clientela seleta na cidade. As investigações tiveram início em fevereiro deste ano, a partir de uma denúncia anônima.

Na denúncia, foi dito que o criminoso atuava uma clínica médica como fachada para o tráfico. Com as investigações, os policiais identificaram que o traficante já praticava o crime há mais de três anos.

Para a distribuição de cocaína, ele usava um Gol e uma Biz. Além disso, para que ele vendesse para novos clientes, esses teriam que ser indicados por outros usuários já conhecidos, para evitar o risco de prisão.

O autor do crime usava uma pistola .380 quando fazia as entregas. Com o dinheiro do tráfico, ele começou a construir uma casa, avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão, com área gourmet e piscina.

Casa era construída pelo suspeito (Divulgação, PCMS)

Essa residência também servia como depósito de drogas, e munições. No sábado, os policiais civis faziam monitoramento do criminoso, que chegou a fugir com o Gol. Foi acionado apoio da e o suspeito foi localizado e detido.

Durante a fuga, o criminoso jogou pinos de cocaína para fora do carro. Na casa em construção, os policiais encontraram um cofre oculto, com 15 munições. Já dentro da casa em que ele vive, perto da obra, foi encontrada cocaína, R$ 7,9 mil, balanças de precisão, um rádio comunicador e a pistola.

O suspeito vai responder pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e lavagem de capitais.