Vítima de maus-tratos, homem morre em cidade de MS e filho deve responder pelo homicídio

O homem morreu dias após ser socorrido com hematomas
| 04/05/2022
- 16:57
Vítima de maus-tratos, homem morre em cidade de MS e filho deve responder pelo homicídio
Jorge Ortiz era vítima de maus-tratos (Foto: Itaporã News)

A Polícia Civil investiga a morte de Jorge Carlos Ortiz, de 53 anos, que faleceu após ser vítima de maus-tratos pelo próprio filho, de 24 anos. No dia 30 de março, o rapaz chegou a ser preso em flagrante em Itaporã, a 225 quilômetros de Campo Grande, e foi constatado crime de maus-tratos contra o pai.

Nesta terça-feira (3), foi registrado boletim de ocorrência por homicídio qualificado com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso, em que Jorge é colocado como vítima e o filho, como autor. O rapaz já responde por maus-tratos.

No dia 30 de março, foi acionada pela assistente social, informando sobre o caso de maus-tratos contra Jorge. Foram identificadas lesões na vítima, que chegou a alegar que tinha sofrido uma queda. Após atendimento, o homem revelou que tinha medo do filho e chegou a confessar para a assistente que as lesões tinham sido causadas pelo rapaz.

O homem foi levado ao com lesões no olho direito e no rosto, suspeita de fratura no braço direito e vários outros hematomas pelo corpo. Os policiais militares fizeram buscas e encontraram o rapaz estacionando a motocicleta no Centro da cidade.

Foi feita abordagem e identificado que o rapaz estava com os olhos vermelhos e forte odor etílico. O teste de bafômetro constatou 0,84mg/l e ele acabou preso em flagrante por dirigir embriagado. No entanto, foi liberado provisoriamente depois.

Veja também

Últimas notícias