Vítima de latrocínio, mulher foi torturada antes de ser morta na fronteira

| 23/04/2022
- 00:52
Vítima de latrocínio, mulher foi torturada antes de ser morta na fronteira
Graciela foi encontrada morta em cima da moto que pilotava (Foto: Via WhatsApp)

Mulher de 46 anos, identificada como Graciela Velazques, vítima de , foi torturada antes de ser morta em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a Ponta Porã, na fronteira entre os dois países, na tarde desta sexta-feira (22).

Segundo a polícia, ela foi atingida a golpes de faca, no momento em que transitava em uma moto por uma estrada vicinal que dá acesso à Colônia Mafussi. Ainda segundo a polícia, a mulher tinha ferimentos no rosto, na região do coração e nas mãos, fato que leva a crer que ela ainda lutou com o bandido.

Graciela foi encontrada morta em cima da moto que pilotava. A carteira e o celular dela foram levados, publicou o site MS em Foco. A polícia verifica imagens de câmeras de da região.

Veja também

O indígena, Vitor Fernandes, morreu durante retomada e mais três policiais ficaram feridos

Últimas notícias