Tenente da PMMS filmado agredindo mulher em batalhão é condenado em terceiro processo

Ele já teve outras duas condenações por agressões
| 16/02/2022
- 17:08
Rapaz foi agredido pelos militares
Rapaz foi agredido pelos militares - (Reprodução, Vídeo)

Foi condenado a três meses e 18 dias o 2º tenente da PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), André Luiz Leonel Andrea, que já acumula outras duas condenações em processos por agressões. Também deve cumprir a mesma pena o sargento Cláudio Aparecido Arruda Benevides.

A sentença trata de um caso de agressão que aconteceu no dia 14 de novembro de 2020, por volta das 20 horas, em Bodoquena. Os militares agrediram um rapaz e a agressão ainda foi filmada por populares. Outros dois PMs também foram denunciados por não terem reportado o caso a superior, mas acabaram absolvidos.

Em decisão do juiz Alexandre Antunes da Silva, da Militar, os dois policiais foram condenados por ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem. O tenente André ainda foi absolvido do crime de injúria. Os militares foram condenados e devem cumprir a pena inicialmente em regime aberto.

Relembre o caso

Conforme a denúncia apresentada pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), o tenente injuriou a vítima, ofendendo a dignidade e o decoro. Conforme relato dos fatos, ocorria uma carreata em prol de uma candidata à prefeita no município. Os policiais faziam ronda a pé, acompanhando o evento.

Em determinado momento, Leonel abordou o rapaz, dizendo para que ele ficasse na calçada e ele então acatou. No entanto, quando os policiais se afastaram, ele voltou a descer para a rua. Assim, os militares retornaram e o tenente Leonel abordou novamente o rapaz. Ele começou a xingar a vítima, que se afastou e subiu a calçada.

Mesmo assim, o militar ainda ordenou que os outros PMs o algemassem. Ele foi derrubado na rua, tendo os policiais agido com excesso. O sargento ainda chegou a pisar no rosto do rapaz e o tenente chutou a barriga, para depois algemar. O rapaz foi levado para a viatura e foi feito boletim de ocorrência contra ele.

Os militares foram denunciados pela agressão, enquanto os outros dois por não reportarem aos superiores o abuso cometido.

Outras condenações

O 2º tenente já foi condenado a 6 meses e 6 dias de detenção por outro crime em Bodoquena, desta vez por ameaça. Ele teria ameaçado comerciantes no batalhão da PM do município, após confusão no estabelecimento das vítimas. No processo por agredir uma mulher no batalhão de Bonito, ele foi condenado a 1 ano, 5 meses e 10 dias.

As agressões foram filmadas pelas câmeras de segurança do batalhão. No vídeo, é possível ver a vítima algemada, na frente do policial, quando ele a empurra e depois também a agride com chutes e socos.

Veja também

Últimas notícias