Taxista é ameaçada com faca no pescoço e sequestrada por bandido em cidade de MS

O autor acabou preso em flagrante momentos depois
| 25/05/2022
- 16:16
PM ilustrativa
Homem está internado sob escolta. (Foto: Ilustrativa/PMMS)

Na manhã desta quarta-feira (25), homem de 42 anos foi preso em flagrante por sequestrar e assaltar uma , de 35 anos, em Aquidauana, cidade a 139 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi ameaçada com uma faca e obrigada a dirigir até o Distrito de Camisão.

Segundo a Polícia Militar, a vítima atendeu à corrida, que seria da área central da cidade até a Vila Quarenta. No trajeto, o passageiro sacou uma faca e colocou no pescoço na motorista, exigindo que ela fosse até Camisão.

A mulher então teve que dirigir até uma chácara, onde foi amarrada e amordaçada. O suspeito deixou o táxi, mas fugiu levando celular e dinheiro da vítima. Ele acabou localizado e preso momentos depois.

Motorista ferida com faca

Em Campo Grande, na última sexta-feira (20), uma motorista de aplicativo de 44 anos foi vítima de um passageiro, também armado com faca. Ela foi atingida com três golpes e precisou ser levada ao hospital, de onde já teve alta médica.

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais militares encontraram a motorista do carro Jac J3 sentada no banco do motorista com os ferimentos de faca na face, orelha e ombro direito. Ela foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e depois transferida para a Santa Casa.

Conforme explicado pela vítima, ela é motorista de aplicativo e iniciou uma corrida saindo do Bairro São Conrado, com um passageiro moreno, magro, que usava calça jeans e casaco escuro, mas não conversaram durante o trajeto, que tinha como destino final a Avenida Filinto Muller, no Bairro Pioneiros.

Próximo ao local de parada, o passageiro teria pedido para que a motorista fosse pela Rua da Divisão e, ao passar próximo a um condomínio, entrasse em uma rua erma. Nesse momento, a vítima disse que foi agredida com golpes de um objeto cortante, sem que o autor fizesse qualquer anúncio.

Ela começou a gritar por socorro e apertar a buzina, ainda com o carro em movimento, quando o autor pulou pela porta traseira e evadiu do local. A vítima conseguiu sair do carro e dirigir por mais alguns metros, chegando na Avenida Raquel de Queiroz para pedir socorro.

A Polícia Militar fez diligências para tentar localizar o passageiro, mas ninguém foi localizado até o momento. Já o carro foi removido por moradores até a Rua dos Mascates e ficou aos cuidados de um amigo da vítima. O caso é investigado pela Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos).

Veja também

Agetran orienta redobrar atenção no trânsito próximo aos locais de interdição

Últimas notícias