Quadrilha que furtou R$ 500 mil em joias e armas de condomínios de luxo é presa em Campo Grande

Entre os presos está a mãe de um dos integrantes da quadrilha que era especializada em furtar condomínios de luxo
| 29/04/2022
- 09:07
Quadrilha que furtou R$ 500 mil em joias e armas de condomínios de luxo é presa em Campo Grande
(Divulgação)

Policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) prenderam nessa quinta-feira (28), em Campo Grande, cinco membros de uma especializada em furtos a condomínios de luxo. De um deles, foram levadas joias avaliadas em R$ 500 mil, vendidas em São Paulo.

A quadrilha usava um veículo Volkswagen Gol, de cor prata, e invadia os condomínios nos feriados e aos sábados, quando não havia moradores. Eles entravam pela parte de trás das residências, sempre procurando acesso por meio de terrenos baldios aos fundos, onde cortavam a concertina e escolhiam as casas vazias.  

Foram alvos dos bandidos os condomínios Dahma, Terraville e Golden Gate, de onde foram levados televisores e joias avaliadas em R$ 500 mil, além de armas de grosso calibre, munições e dinheiro. Em uma das ações, os bandidos demoraram cerca de cinco horas para subtrair os itens. 

As joias roubadas foram negociadas com um ourives em São Paulo, e o dinheiro repartido entre os membros da quadrilha, por meio de transferências de Pix. Inclusive, foi descoberto que o usado — um Gol de cor prata — acabou sendo trocado no estado paulista por um Ford Fusion. 

Conversas de WhatsApp entre os integrantes da quadrilha demonstraram que um deles estava trabalhando no condomínio Alphaville 4 e que estava colhendo informações para repassar aos comparsas para uma nova ação criminosa.

Foram presos Bruno Noberto Artur, conhecido como ‘Bruninho’, Valdeir Pereira de Moraes, Rafael Ferreira, Luís Gustavo Brunetto e Solange Ferreira.

Veja também

Últimas notícias