Polícia paraguaia identifica sequestradores de brasileira

Vítima ficou mais de 24 horas em cativeiro em Pedro Juan Caballero
| 08/02/2022
- 10:12
Polícia paraguaia identifica sequestradores de brasileira

A Polícia Nacional do conseguiu identificar o grupo criminoso que teria realizado o sequestro da empresária brasileira Célia Dolizete de Morais, de 56 anos, mulher de um empresário que tem negócios em Pedro Juan Caballero. Ela ficou mais de 24 horas nas mãos de um trio paraguaio, após ter sido levada de Ponta Porã.

Para chegar até os dois sequestradores, identificados como William Chávez, de 33 anos, e Richard Darío Salina Benítez, de 18, os agentes utilizaram imagens de câmeras que registram o momento em que a vítima foi levada pela dupla. Apesar da vítima ter sido liberada no dia seguinte, a dupla continua foragida.

De acordo com a investigação, William Chávez seria o criminoso que dirigia o veículo usado para realizar o sequestro no último sábado em Ponta Porã, cidade da fronteira com o Paraguai. De acordo com informações da Polícia Nacional, uma terceira pessoa já está presa, mas ainda não teve a identidade revelada.

Segundo informações do secretário de Segurança Pública de Ponta Porã, Marcelino Nunes, a vítima foi libertada depois que os sequestradores foram encurralados pelo cerco policial montado tanto do lado brasileiro, quanto em Pedro Juan Caballero.

Veja também

Estabelecimento fica em Sidrolândia e ainda foi destruído durante a madrugada

Últimas notícias