Polícia

Polícia identifica atirador que matou rapaz em carro na frente de criança no Nova Lima

Renner foi assassinado a tiros no primeiro dia do ano

Renata Portela e Marcos Tenório Publicado em 07/01/2022, às 14h39

Caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil
Caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil - (Arquivo, Midiamax)

Foi identificado o atirador que assassinou Renner dos Santos de Aquino, de 26 anos, com tiros na cabeça na noite do último sábado (1º). A vítima pegava carona com uma família de amigos e estava no banco de trás, quando o suspeito chegou apontando a arma de fogo e atirou na frente das testemunhas que estavam no veículo, entre elas uma criança de dois anos.

O caso segue em investigação pela 2ª Delegacia de Polícia Civil. O delegado titular, Enilton Zalla, relatou que testemunhas do caso já foram ouvidas e também o autor do homicídio foi identificado. No entanto, ele ainda não foi localizado e também não teria manifestado intenção de se apresentar.

No dia seguinte ao crime, testemunhas chegaram a relatar ao Midiamax que o crime teria relação com facções criminosas. No entanto, a polícia não confirmou o fato e também não foram relatadas mais informações sobre a motivação do crime, para não atrapalhar as investigações.

Relembre o caso

Uma das testemunhas dirigia o Palio e no banco do passageiro ao lado estavam a esposa e o filho, de dois anos. Já no banco de trás estavam a sogra e Renner, que era amigo da família e pegava uma carona. Perto do cruzamento das ruas Zulmira Borba e Francisco Pereira Coutinho, o carro teve uma pane e parou.

Foi neste momento que o atirador chegou em uma motocicleta, desceu e foi direto até a janela onde estava Renner. Os dois tiveram uma discussão e o homem apontou a arma de fogo para a vítima, quando o motorista implorou para ele não atirar. “Pelo amor de Deus, tem criança aqui”, teria dito.

Mesmo assim, o suspeito afirmou que o “rolo” era com Renner, fez os disparos contra a cabeça da vítima e fugiu. A família não conhecia o autor do crime e o motorista conseguiu levar o rapaz até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Nova Bahia após o carro funcionar.

Renner chegou ao posto de saúde já sem vida e Polícia Civil e Perícia foram acionadas. No registro da ocorrência, foi constatado que o rapaz estava evadido do Sistema Prisional. O caso é investigado como homicídio simples.

Jornal Midiamax