PM aponta arma para ex-mulher, atira para cima e foge com a filha de um ano no Itanhangá Park

Este não seria o primeiro boletim por violência doméstica contra o soldado
| 28/02/2022
- 21:17
PM aponta arma para ex-mulher, atira para cima e foge com a filha de um ano no Itanhangá Park
(Foto: Arquivo/Midiamax)

Um Policial Militar de 25 anos é suspeito de efetuar um disparo de arma de fogo para intimidar a ex-esposa, de 24, na tarde deste domingo (27), na Rua Cerro Cora, bairro Itanhangá Park, em Campo Grande. Após os disparos, ele fugiu com a filha, de 1 ano e 2 meses.

Conforme o boletim de ocorrência, o PM teria estacionado o veículo em que estava, um Sandero branco, próximo ao endereço da vítima, e seguiu andando até a casa da ex-mulher para buscar a filha, que passaria o dia com ele.

Separados há 6 meses, a ex teria pedido que a irmã de 12 anos entregasse o bebê para o homem, que não teria gostado da situação, e correu em direção a ex-mulher e teria xingando-a de "vagabunda" e dito que ela era "garota de programa" e, ainda, teria ameaçado tomar a guarda da criança.

Em seguida, o policial sacou o revólver e mirou para a vítima, mas, depois apontou a arma para cima e efetuou um disparo. Antes de fugir do local, ele pegou a filha com a adolescente de 12 anos, colocando-a no carro e fugiu do local. Testemunhas que teriam presenciado a cena acionaram a Polícia Militar.

Durante diligências, os policiais encontraram o PM em sua residência, e encaminharam ele para a DEAM (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher). A polícia apreendeu com o PM a pistola calibre .40, 30 munições e dois carregadores.

Este não seria o primeiro boletim por violência doméstica contra o soldado. A Corregedoria foi acionada e deve apurar o caso. A vítima solicitou medidas protetivas de urgência contra ele.

Veja também

O motorista da carreta teria perdido o controle da direção e atingido uma motocicleta onde estava o casal

Últimas notícias