Pistoleiro responsável por matar prefeito de Pedro Juan tem prisão preventiva decretada

Ele também foi transferido para a Penitenciária de Tacumbú, no Paraguai
| 07/07/2022
- 22:27
Pistoleiro responsável por matar prefeito de Pedro Juan tem prisão preventiva decretada
'Alemão' , durante audiência no Ministério Público do Paraguai - (Foto: Divulgação)

O Ronny Ayala Benítez, de 35 anos, teve sua prisão preventiva decretada pela do Paraguai. Alemão, como é conhecido, foi preso na última segunda-feira (4) suspeito de envolvimento no assassinato do prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo.

O juiz penal de Garantias de Pedro Juan Caballero, Álvaro Rojas Almirón, também determinou a transferência do preso para a Penitenciária de Tacumbú, em Asunción. A decisão ocorreu nesta quarta-feira (6).

Alemão foi preso na última terça-feira (5) em Encarnación, na fronteira com a Argentina, e levado de avião para a capital paraguaia. De acordo com a Polícia Nacional, Ronny foi responsável por efetuar os disparos que ceifaram o prefeito, segundo publicado no Dourados News.

O prefeito morreu no dia 21 de maio, quatro dias após o atentado.

Veja também

Ladrão vez ‘duas viagens’ para levar objetos furtados da lanchonete

Últimas notícias