Foi identificada a vítima do grave acidente registrado na madrugada desta terça-feira (29), na Avenida Toros Puxian. A adolescente tinha 16 anos e morreu no local da colisão entre carro e um coqueiro.

“Nosso eterno anjinho, descanse em paz nossa princesinha”, declarou uma amiga no Facebook. “Me dói tanto saber que não está mais aqui, parece que tiraram meu chão pra eu cair”, disse ainda outra amiga.

“Me dói tanto saber que você se foi e eu não pude ne sequer te dar um abraço, conversar com você pela última vez”, disse outra jovem na rede social. “Se eu soubesse que aquele dia seria o último dia que te vi teria aproveitado mais do seu lado (…) sempre vou levar você comigo”, lamentou uma amiga.

A jovem estava no carro com outras 5 pessoas quando aconteceu o acidente. A Santa Casa de Campo Grande não teve autorização para repassar o estado de saúde das vítimas.

Socorro das vítimas após acidente foi filmado

Testemunha filmou o momento em que os jovens são socorridos após o acidente. As vítimas estavam em um Gol que colidiu no coqueiro, em uma calçada da avenida.

Com a batida, vários pedaços do carro ficaram espalhados pela avenida e o teto do veículo foi arrancado. Uma segurança de uma obra, em frente ao local do acidente, foi quem chamou o socorro logo após o acidente.

Ela contou ao Jornal Midiamax que o motorista estava de muletas. Um dos rapazes afirmou que nem conhecia o grupo e que só tinha pegado uma carona.

Um comerciante contou ao Midiamax que o grupo estaria em uma conveniência na Avenida Rita Vieira, onde haviam armado uma tenda para o jogo da Copa do Mundo.

Acidente

O acidente aconteceu por volta das 2 horas, quando o grupo saía de uma conveniência. No banco traseiro estavam dois homens, de 18 e 23 anos, e uma mulher.

Na frente estava a adolescente e o motorista, de 22 anos, que não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação), e mais duas mulheres, sendo uma a adolescente. Ela morreu no local.

A princípio, conforme testemunhas, o motorista estava em zigue-zague e perdeu o controle da direção. Isso, porque uma das mulheres teria puxado o volante para a direita.

Os outros ocupantes foram socorridos com ferimentos pelo corpo e o motorista foi socorrido com suspeita de traumatismo craniano e fratura nos membros. No carro, foram encontradas várias latas de cerveja abertas.

Ainda foi descoberto que o motorista tinha um mandado de prisão em aberto. Todos foram socorridos e levados para a Santa Casa. 

*Matéria editada às 16h25. O nome da jovem foi retirado a pedido da família.