Morto a tiros, 'Madruga' estaria a caminho da casa da mãe no Aero Rancho

Abalada, namorada disse que a vítima não era de brigar ou ter desavenças
| 13/07/2022
- 12:11
baleado - tiradentes
Jovem chegou sem vida na UPA. (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

Abalada ao receber a notícia da morte do namorado, uma jovem que preferiu não se identificar, disse que Luiz Henrique da Silva Pereira, de 19 anos, conhecido como 'Madruga', estava a caminho da casa da , no bairro Aero Rancho, em Campo Grande. A vítima foi baleada e socorrida por uma motorista que passava pelo Jardim Noroeste, na manhã desta quarta-feira (13).

Segundo a jovem, o rapaz estava em sua casa e saiu para ir até a mãe, no Jardim das Hortênsias, bairro vizinho de onde mora. Só ficou sabendo do crime após ligarem para ela informando da morte. Ela ainda diz que a vítima não costuma brigar ou ter desavenças, além de não saber quem poderia ter ferido o namorado.

De acordo com a Polícia Militar, o tiro atingiu as costas da vítima e chegou a atravessar o corpo. Ao ser atingido, ele teria parado na frente de um onde uma motorista parou para prestar socorro, o colocou dentro do carro e seguiu até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Tiradentes.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que a vítima já chegou sem vida na unidade. A equipe média realizou o atendimento protocolo, tentou reanimá-lo por 15 minutos, mas sem sucesso. O corpo permanece na unidade para ser encaminhado ao IMOL (Instituto Médico Legal).

Veja também

Companheiro diz que vítima foi dormiu após o almoço no dia da internação

Últimas notícias