De novo: funcionário de fazenda morre soterrado ao ser sugado em silo em MS

Funcionário estava amarrado por uma corda
| 06/07/2022
- 07:00
De novo: funcionário de fazenda morre soterrado ao ser sugado em silo em MS
(Ilustrativa)

Alaor Soares Vieira, de 45 anos, morreu soterrado por ao ser sugado para dentro de um silo de uma fazenda em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Ele estava amarrado por uma corda.

O acidente aconteceu por volta das 10h40 desta terça-feira (5) na propriedade rural que fica na saída para Maracaju, sendo que o gerente da fazenda acionou a polícia e o socorro. Segundo consta no boletim de ocorrência, Alaor estava com seu sobrinho no silo 2.

Eles estavam usando uma corda como EPI (Equipamento de Individual), mas Alaor teria pisado em um bolsão e acabou sendo sugado pelos grãos. Outros funcionários tentaram puxar a corda para resgatar a vítima, mas sem sucesso. O funcionário acabou morrendo soterrado. 

Outro caso de morte em silo

Um funcionário acabou morrendo soterrado em um silo de uma fazenda, em Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande. Um dos pés da vítima já foi visualizado pelos bombeiros.

O acidente aconteceu na segunda-feira (4), quando o funcionário que não teve a identidade divulgada, tentava fazer a limpeza de uma das bicas do silo e acabou sendo sugado. Ele morreu soterrado pelos grãos.

Veja também

Ofensiva contra a produção de maconha teve início em Capitán Bado, divisa com Coronel Sapucaia, no MS

Últimas notícias